Há vícios deliciosos, não acha?